terça-feira, 24 de junho de 2014

MESTRE EUGÊNIO CORREA APOIA NOVO KORFEBOL BRASILEIRO

Eugenio Corrêa é profissional Coach pelo Instituto Brasileiro de Coaching-IBC, graduado em Educação Física e Pedagogia. Especialista em Psicopedagogia e Administração Universitária. Mestre em Educação pela UERJ. Possui mais de 36 anos de experiência na formação universitária e nos estudos sobre o mercado de trabalho dos profissionais de Educação Física.




Na última postagem, falamos sobre a importância de harmonizarmos os movimentos e atividades de nossa vida pessoal e profissional com a energia da natureza propiciada por cada uma das quatro estações do ano: Primavera, Verão, Outono e Inverno.

Hoje, vamos comentar como a energia facilitada por cada etapa dos ciclos diários, das relações delas com as estações do ano, bem como da referência que podem nos oferecer para que obtenhamos conscientemente o aumento do rendimento desejado a partir da execução de nossas atividades pessoais e profissionais cotidianas.

Os ciclos diários são representados pela manhã, pela tarde e pela noite; distinguindo-se na tarde, duas etapas bem definidas, a primeira do seu início até mais ou menos a sua metade e a segunda, deste ponto até o anoitecer.

A manhã pode ser relacionada em termos de energia à estação da primavera no ciclo das estações, sendo o período do dia mais propício para executarmos tarefas novas ou complexas. Atividades da mesma natureza podem ser trabalhadas também no início da tarde, cuja energia, de mesma natureza e em continuação àquela encontrada pela manhã, corresponde àquela disponibilizada pela estação do verão, mantendo-se, portanto, em natural processo de ascensão criativa.

Já o final da tarde, com a energia em processo natural de declínio, como no outono acontece na natureza, a partir do final do verão, encontramos um período próprio para execução de tarefas mais rotineiras.

Quando anoitece, similarmente ao facultado pela natureza da energia encontrada na estação do inverno, devemos nos dirigir ao recolhimento para refletirmos sobre os eventos do dia, visando integrar aprendizados e abrir mão também de sentimentos e/ou ideias que possam nos limitar ou aprisionar ao ocorrido no dia, impedindo nosso relaxamento, descanso e potencialização de energias para as demandas do novo dia que se seguirá. É o recolher da natureza para seu expandir seguinte em um novo dia de realizações e aprendizagens.

É fato consagrado que quando harmonizamos o ritmo interno e externo de nossas vidas com os ciclos próprios da natureza, encontramos mais ordem, paz e saúde, entrando em sintonia com a força vital universal.

No entanto, não podemos esquecer que existem pessoas que por suas naturezas específicas ou peculiaridades de sua organização de vida, preferem e/ou só conseguem realizar o trabalho criativo à noite.

Geralmente, encontram-se ou sentem-se sobrecarregadas com prioridades e tarefas alheias, não percebendo um espaço disponível para os próprios pensamentos e atividades inovadoras.

É importante que consideremos que em nossa atual realidade global, repleta de estímulos e exigências, não podemos esperar que nos seja facultado, ou mesmo facilmente aceito, pelo nosso entorno que organizamos nossas tarefas pessoais cotidianas e profissionais em harmonia com os ciclos da natureza. Mas é aí, “que a porca torce o rabo”.

Não podemos esquecer que somos gerados à imagem de um Criador infinito. Portanto, somos também, co-criadores ilimitados de nossa realidade e, os responsáveis primeiros por tudo aquilo que acontece em nossas vidas, ou em hipótese menos lisonjeira, por tudo aquilo que por passividade e/ou omissão permitimos que façam com a qualidade das mesmas.

Permitindo-nos, portanto, reconhecer, apreciar e respeitar nossas reais necessidades quanto ao como desejamos que a nossa organização de vida se faça e, por coerência existencial, com a integralidade de nossa humanidade, em harmonização com as energias possibilitadas pelas estações do ano e com as etapas dos ciclos diários.
Se a permissão não nos for facilmente percebida, sugerimos o apoio de um Coaching de Desenvolvimento Pessoal e Profissional.

Coaching é um excelente acelerador de resultados, constituindo-se em um processo de aprendizagem e desenvolvimento de competências comportamentais direcionadas à definição e alcance de objetivos e metas desejados nas dimensões pessoais, sociais, profissionais e espirituais de nossas vidas.

visitem o blog professor Eugênio Correa



Postar um comentário