quinta-feira, 30 de julho de 2015

O QUE É ESPORTE EDUCACIONAL NO BRASIL ?






Uma grande dificuldade que pude perceber ao longo desses 18 anos trabalhando com o Korfebol e que as grande parte das pessoas não sabem fazer a diferença de Esporte Competitivo x Esporte Educacional e Competição x Cooperação. Principalmente os estrangeiros que trabalham com o Korfball/Corfebol de maneira competitiva nos demais países praticantes.

Coloco aqui abaixo um texto explicativo sobre a legislação brasileira, explicando o que é Esporte Educacional e o porque do Korfebol brasileiro ser diferente de qualquer outro Corfebol/Korfball praticado pelo resto do mundo

O Esporte Educacional é uma manifestação do esporte com foco na inclusão social. Sua base é o processo de aprendizado e desenvolvimento integral do ser humano, não apenas a formação do indivíduo como atleta.

Ele adapta regras, estruturas, espaços e gestos motores de acordo com as realidades de cada território. Mescla o saber formal, aprendido na escola, com o saber informal, produzido pela comunidade. É uma forma de aprendizagem de valores e conteúdos, onde se pode aprender jogando e jogar aprendendo.

O esporte educacional requer planejamento pedagógico que se desenvolve ao longo do tempo, visando atingir aos objetivos (educacionais) que se propõe. A intencionalidade pedagógica deve ser traduzida nas seguintes premissas:

a) Ensinar o esporte para todos, respeitando a diversidade de gênero, biótipo, raça, etnia;

b) Ensinar bem esporte, considerando a diversidade para desenvolver as habilidades e as táticas esportivas dos alunos, para além das aptidões esportivas;

c) Ensinar mais do esporte, estimulando o desenvolvimento de competências para a inserção social e exercício da cidadania, que implica no desenvolvimento da capacidade de leitura crítica do mundo e do próprio esporte nos diferentes contextos em que este se manifesta.

O esporte educacional se diferencia do esporte de rendimento porque não seleciona os mais aptos, não está submetido à lógica exclusiva do rendimento máximo que está presente nas competições e grandes eventos esportivos de alto nível. É importante ressaltar que não se trata da atribuição de valor negativo à competição, como algo a ser evitado, pelo contrário, a competição dentro do processo educacional proporciona aprendizagens específicas e é pensada ou planejada para que todos a vivenciem.

As Diretrizes do Esporte Educacional


Para a Petrobras, o conceito de Esporte Educacional está baseado em cinco diretrizes:

• Promover a interação das diferenças e o respeito às individualidades – incentivar ao acesso de crianças e adolescentes ao esporte, sem qualquer forma de distinção ou discriminação. Trabalhar a percepção, reconhecimento e valorização das diferenças entre as pessoas no que se refere à raça, cor, religião, gênero, biotipo e níveis de habilidades.

• Incentivar a autonomia, a cooperação e a corresponsabilidade – utilizar o esporte como fator de educação emancipatória, baseando-se no conhecimento, no esclarecimento e na autorreflexão crítica para superar modelos. Portanto, a autonomia constitui-se na participação ativa de todos os envolvidos na estruturação do processo de ensino e aprendizagem do esporte.

• Valorizar as identidades regionais e saberes populares – reconhecer o esporte enquanto manifestação cultural e identitária. Trabalhar a cultura corporal local – jogos, danças, brincadeiras e esportes – socialmente referenciadas na comunidade, como uma importante ferramenta de ensino, de aprendizagem e de definição das identidades dos sujeitos em suas realidades locais.

• Contribuir para o desenvolvimento motor, cognitivo e socioafetivo de crianças e adolescentes – ampliar o entendimento do esporte como veículo potencial de desenvolvimento, não apenas das habilidades motoras, mas também de interação social e de processos de ensino-aprendizagem. As ações pedagógicas devem abordar os conteúdos nas dimensões conceitual, atitudinal e procedimental.

• Atuar em sinergia com políticas, especialmente nas áreas de esporte, educação e cultura – desenvolver práticas pedagógicas esportivas articuladas às demais áreas de conhecimento e o diálogo estreito com diferentes esferas públicas, como saúde, esporte, assistência, educação, entre outros.




A major difficulty that I could see over these 18 years working with Korfebol and that most people do not know make a difference Competitive Sport Competition x x Educational and Sports Cooperation. Mainly foreigners working with the Korfball / Korfball competitively in other countries practitioners.


Place below an explanatory text on the Brazilian legislation, explaining what is Educational Sports and why the Brazilian Korfebol be unlike any other Korfball / Korfball practiced by the rest of the world.
The Educational Sport is a manifestation of sport with a focus on social inclusion. Its base is the learning process and integral development of the human being, not just the formation of the individual as an athlete.


He adapts rules, structures, spaces and gestures engines according to the realities of each territory. Gets a formal knowledge, learned in school, with knowledge informal, produced by the community. It is a way of learning values ​​and content, where you can learn playing and learning to play.


The educational sport requires pedagogical planning that develops over time, aiming to reach the goals (educational) that proposes. The pedagogical intention to be translated on the following assumptions:

a) Teaching the sport for all, respecting diversity of gender, biotype, race, ethnicity;

b) Teaching and sport, considering the diversity to develop the skills and tactics of sports students, in addition to sports skills;

c) Teaching more sport, encouraging the development of skills for social inclusion and citizenship, which implies the development of critical reading of the world capacity and the sport itself in the different contexts in which this manifests itself.


The educational sport differs from performance sport because it does not select the fittest, is not subject to the exclusive logic of maximum yield that is present in competitions and major sporting events of high level. Importantly, it is not assigning a negative value to the competition, as something to be avoided, however, the competition within the educational process provides specific learning and is thought or planned so that everyone to experience.


The Guidelines of the Educational Sport


For Petrobras, the concept of Educational Sport is based on five guidelines:


• To promote the interaction of differences and respect for the legend - to encourage access by children and teenagers to sports, without any form of distinction or discrimination. Working perception, recognition and appreciation of differences between people with regard to race, color, religion, gender, body type and skill levels.


• Encourage autonomy, cooperation and responsibility - to use sport as an emancipatory education factor, based on the knowledge, awareness and critical self-reflection to overcome models. Therefore, autonomy constitutes the active participation of all involved in the structuring of the teaching process and learning the sport.

• Enhance regional identities and popular knowledge - recognize sport as a cultural expression and identity. Working the local body culture - games, dances, games and sports - socially referenced in the community as an important teaching tool, learning and defining the identities of the subjects in their local realities.

• Contribute to the motor, cognitive and socio-affective of children and adolescents - enlarge the understanding of sports as a potential vehicle development, not only motor skills, but also social interaction and teaching-learning processes. Pedagogical actions should address the content on conceptual, attitudinal and procedural dimensions.

• To act in synergy with policies, especially in sport, education and culture - develop sports pedagogical practices tailored to other areas of knowledge and the close dialogue with different public spheres such as health, sports, care, education, among others.
Postar um comentário