terça-feira, 5 de maio de 2015

NOVO KORFEBOL BRASILEIRO EM CAXIAS - DIANA ROGERS REPÓRTER ENTREVISTA MARCELO KORFEBOL

We were made several contacts in Caxias, one of the Brazilian cities that most thrive in Brazil. Held meetings, and also talks about the NEW BRAZILIAN KORFEBOL, including by strengthening our educational work throughout Brazil, different from the work that is carried out by the International Korfball Federation (IKF) and the Portuguese Federation Korfball, which has nothing to do with our pedagogical proposal. There, they want and competition and hence exclusion, formation of "athletes" and also competitions.

The ABRAKO - Brazilian Association Korfebol performs an independent job and we are not and we want to be tied to anyone from the outside world.

We are sure we are on track, even if the rest of the world that practices "Korfball / Korfball" think we are wrong ..


Estivemos realizando diversos contatos em Caxias, um dos municípios brasileiros que mais prosperam no Brasil. Realizamos reuniões, e também palestras sobre o NOVO KORFEBOL BRASILEIRO, inclusive, reforçando nosso trabalho educacional em todo território brasileiro, diferente do trabalho que é realizado pela Federação Internacional de Korfball (IKF) e da Federação Portuguesa de Corfebol, que nada tem haver com nossa proposta pedagógica. Por lá, eles querem e a competição e consequentemente exclusão, formação de "atletas" e também competições. 

A ABRAKO - Associação brasileira de Korfebol realiza um trabalho independente e não estamos e nem queremos estar vinculados a ninguém do resto do mundo.

Temos a certeza que estamos no caminho certo, mesmo que o resto do mundo que pratica o "Korfball/Corfebol" ache que estamos descaracterizando o esporte...
Postar um comentário