domingo, 12 de abril de 2015

Ex-NBA, Bábby volta à sala de aula e sonha em formar próprio time de basquetebol


Ola amigos meu amigo Babby do Basquetebol brasileiro realizou matéria para o Globo esporte do qual transcrevo na íntegra.

Eu tive em 2013 o privilégio de conhecer o Jogador e a pessoa maravilhosa, ver de perto sua humildade e simplicidade, conhecer também sua esposa Vivian Perez, e prestigiar um evento para o basquete de cadeira de rodas na ANDEF Niterói.

Aproveitando a oportunidade conseguimos fazer uma grande parceria entre o Basquete e o Korfebol brasileiro. Assistam as matérias realizadas em Petrópolis com o amigo Bábby conhecendo a modalidade.






Ex-NBA, Bábby volta à sala de aula e sonha em formar próprio time


Depois de quatro anos na principal liga de basquete do mundo e de passagens por times universitários dos EUA, ex-jogador planeja Centro para estudantes

Formar um time universitário que dispute títulos e, quem sabe, chegue até as principais competições do Brasil. Esse é o desejo do ex-jogador de basquete Rafael Araújo, o Bábby, que mora em Santos, no litoral de São Paulo, desde o ano passado.
Para concretizar o sonho, Bábby resolveu ingressar no curso de Educação Física e fazer parte do grupo esportivo da Universidade Metropolitana de Santos (UNIMES). Estudando desde o início de fevereiro, o ex-atleta revela os motivos de voltar ao ambiente universitário (ele é formado em Pedagogia, pela universidade de Brigham Young University, em Provo, Utah).

– Escolhi entrar em uma faculdade, porque eu acho que é bom ter relação com os alunos, com os professores e, principalmente, para saber como trabalhar com criança. Passar os treinos (de basquete), eu sei, mas é diferente. Os pequenos detalhes de como treinar garotos e garotas de cinco ou seis anos, uma menina de 12, são diferentes. Por isso escolhi fazer a faculdade – disse.

Além da universidade de Birgham Young University, Bábby também frequentou a universidade de Arizona Western. Em ambos os lugares, o brasileiro atuou pela equipe de basquete da faculdade. Agora aposentado, ele projeta coordenar um time em Santos nos moldes assimilados no tempo em que esteve nos Estados Unidos.

– Meu sonho é trabalhar em uma faculdade, montar meu time, disputar competições, usar a lei de incentivo (ao Esporte) e fazer projetos para outras modalidades. Pegar o pessoal para estudar de manhã e treinar à tarde. Aqui no Brasil, se você fala que vai treinar e estudar, dizem que você está perdendo o foco, e eu quero mudar isso no Brasil – completou.

Bábby chegou à cidade de Santos no meio do ano passado com um projeto de inserir o basquete em escolas da região. O ex-jogador, no entanto, não obteve sucesso. Agora, em parceria com a UNIMES, ele e a ex-atleta Vivian Perez planejam um centro de treinamento de de alto rendimento voltado à todas as idades.


Postar um comentário