segunda-feira, 11 de novembro de 2013

NOVO KORFEBOL BRASILEIRO PARTICIPA DA SEMANA INTERNACIONAL DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA


Na qualidade de Presidente da ABRAKO, agradeço a todos os alunos que participaram do evento, ao Professor Israel Souza e ao Professor Edmar Fonseca pelo artigo e depoimento sobre a vivência na 10ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT 2013) que trasncrevemos na íntegra abaixo

Obrigado
Prof. Marcelo Bepi Soares

“MARCELO KORFEBOL”

Uma experiência para ficar marcada. Sem exagero é assim que devemos deixar o registro da colaboração da ABRAKO (ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE KORFEBOL) na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia de 2013; pois com o tema Ciência, Saúde e Esporte proporcionou ao NOVO KORFEBOL BRASILEIRO mudar a rotina de uma Instituição Federal com alegria e interação tecnológica; A convite do professor Israel formado pela UFRRJ, no IFRJ – Paracambi, a ABRAKO se apresentou a cerca de 50 estudantes de Ensino Médio Técnico.

Quem viveu ou vivenciou aulas em escolas que tinham a cultura do veterano x calouro, e nos cursos profissionalizantes que desde sua adesão já são inseridos na rivalidade do mercado de trabalho ou vaidade acadêmica; vai compreender o que o NOVO KORFEBOL BRASILEIRO proporcionou em um espaço adaptado uma interação devido às limitações que os Educadores do Estado do Rio de Janeiro passam em seu cotidiano. Devido a motivos naturais, realizamos um jogo adaptado em um auditório da instituição, ao lado de laboratórios e salas de aula, uma intervenção atípica em um universo improvável.

Só em um universo lúdico transdisciplinar o sujeito esquece a cultura hegemônica e passa a questionar suas ações ou emoções nas ações do cotidiano sem a pressão da culpa, mas sim o peso da não reflexão das ações/cartas/jogos/palavras dentro de uma cultura regional perante os movimentos/pensamentos do sujeito.

No aguardo da chegada dos estudantes, recebemos a visita de dois Professores de Eletrônica da casa, que eram desportistas masters, e inclusive um mais encantado com a possibilidade recreativa, se divertiu em lances e deslocamentos ao cesto relembrando sua prática inicial, o Basquete. Inclusive os feitos de acerto ao cesto pelo Professor visitante, gerou estímulo e descontração dos estudantes que vinham chegando para conhecer o NOVO KORFEBOL BRASILEIRO pela primeira vez.

A percepção da adaptação do espaço e a aproximação dos grupos em um mesmo ambiente, gerou preocupação dos próprios estudantes quanto a segurança de lâmpadas e janelas que poderiam ser afetados e vindo a prejudicar o auditório; e em seguida a preocupação da permanência dos veteranos por mais tempo no jogo. Deixando claro características distintas por exemplo de escolas da capital carioca.

Com a explicação das NOVAS regras, vivencia do jogo em um espaço muito cheio para respeitar as regras iniciais, depois a adaptação adequada e apresentação de um número satisfatório que é possível a prática sem acidentes e com a mesma proposta educacional; os próprios estudantes já acusavam seus erros e as infrações dos adversários em clima descontraído; ao contrário da competitividade, agressividade e rivalidade reconhecida pelos mesmos se ao invés do NOVO KORFEBOL BRASILEIRO fosse uma partida de Futebol.

E como além de uma boa partida e bons amigos do NOVO KORFEBOL BRASILEIRO, os próprios estudantes já pediram ao Professor Israel Souza a inclusão do NOVO KORFEBOL BRASILEIRO na rotina do IFRJ-Paracambi; e com o mesmo ex Desportista do Basquete que estimulou estudantes e renovou suas energias do espírito olímpico, se apresentou para uma proposta Interdisciplinar para realização de um projeto acadêmico para a construção das peças necessárias a prática do Korfebol nas aulas de Educação Física da instituição com seus alunos nos laboratórios da unidade.

Assim a ABRAKO continua sua jornada na intervenção sob seus subtemas transversais: NOVO KORFEBOL EDUCACIONAL – Esporte e Lazer, NOVO KORFEBOL Profissional – Trabalho em conjunto aos cursos na IFRJ-Paracambi; e ainda seguindo na construção com o Professor Israel Souza a disseminação do  NOVO KORFEBOL BRASILEIRO Social que tratamos sobre o Meio Ambiente no qual inserido. Permitindo assim que nosso parceiro e colaborador possa construir o NOVO KORFEBOL BRASILEIRO e não vestir uma camisa de força para começar sua intervenção sócio educativa através dessa ferramenta social chamada Korfebol Brasileiro.


Postar um comentário