quinta-feira, 14 de junho de 2012

CONHEÇA O KORFEBOL ESPORTE HOLANDÊS


Conheça o Korfball “KORFEBOL”

Korfebol, do inglês korfball, é uma mistura de basquete e handebol
13/06/2012 08:03:27

APRESENTAÇÃO 

Da junção do basketball com o handball surgiu o korfball, na Holanda, em 1902. Atualmente, possui 59 países filiados à Federação Internacional de Korfebol (IKF) e apesar de não estar presente nas Olimpíadas é um esporte reconhecido pelo Comitê Olímpico Internacional (um dos pré-requisitos para se tornar um esporte olímpico).

No Brasil surgiu na década de 80, e sua maior entidade administrativa é Confederação Brasileira de Korfebol (KFB), com sede no estado do Rio de Janeiro.
O Jogo
O Korfebol é uma das poucas modalidades esportivas em que homens e mulheres podem jogar juntos. Cada equipe é formada por 8 jogadores, sendo 4 homens e 4 mulheres, no qual só é permitido defesa individual (homem marca homem e mulher marca mulher).
O objetivo do jogo é fazer a bola transpor a cesta do adversário colocada a 3,5 metros e meio de altura, quase, meio metro mais alto que a cesta de basquete.
Jogado apenas com as mãos a progressão com a bola não é permitida, assim, o atleta precisa se deslocar sem bola, receber a bola para fazer o passe ou arremessar na cesta.
Campo de jogo

Pode ser praticado em vários ambientes: grama; indoor; ou areia. O tamanho da quadra é o mesmo do handebol e futsal, 40m x 20m. Enquanto metade da equipe ataca, a outra metade fica no campo de defesa. Após duas cestas os jogadores mudam de funções, quem defendeu ataca e quem atacou defende.
Onde praticar
O Rio de Janeiro é o estado com maior número de praticantes, porém o Brasil começa a praticar a modalidade, em Petrópolis (Rio de Janeiro), Americana (interior de São Paulo) Carapicuíba, São Paulo Capital e Rondônia
Os interessados, em praticar a modalidade, poderão entrar em contato com o representante da modalidade no Brasil, o professor Marcelo Soares, pelo e-mail: corfebolbrasil@terra.com.br


KORFEBOL BRASILEIRO NO ESPORTE ESPETACULAR



Postar um comentário