quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Korfebol agitou a Comunidade Oswaldo Cruz



Domingo, 07 2011 12:00


A equipe Korfebol Brasil encerrou o mês de julho fazendo a alegria das crianças e dos adultos
da Comunidade Oswaldo Cruz. Todos puderam se divertir e conhecer um pouco mais sobre o esporte holandês que prega a integração entre os gêneros e o espírito de coletividade.
O professor Marcello Soares e sua equipe animaram a manhã do domingo passado na
comunidade e colocaram todos para jogar korfebol. O professor frisou que, a modalidade pode ser usada em três vertentes: no campo educacional, pois suas regras pedagógicas permitem a integração e um trabalho interdisciplinar; no campo do lazer, por ser um jogo lúdico e valorizar a família, onde pais e filhos jogam korfebol em igualdade de condições e também no alto rendimento visto que o Brasil está pleiteando uma vaga para disputar o primeiro campeonato sul-americano, na Colômbia em 2013.
“Já iniciamos os treinamentos de preparação para o sul-americano e pretendemos representar bem o Brasil nesse evento. O korfebol irá fazer parte dos Jogos Mundiais, World Games, é um evento onde os esportes reconhecidos pelo Comitê Olímpico, mas que ainda não fazem parte da Olimpíada competem”, disse. Marcello também destacou que, nos dias 18 e 19 de agosto a equipe brasileira de korfebol estará recebendo a visita do técnico espanhol Albert Vidanya, que vem ao Brasil especialmente para conhecer o desenvolvimento do korfebol brasileiro, e que até 2013 poderemos ter jogadores da cidade de Petrópolis compondo a equipe nacional.

Postar um comentário